ESTADO DE GREVE

18:21 GM - NOTICIAS 0 Comentarios

ILHÉUS: FUNCIONALISMO MUNICIPAL ENTRAM EM GREVE
Após fracassarem todas as tentativas de negociação junto a Prefeitura de Ilhéus, o SINSEPI realizou nesta manhã (18) mais uma grande assembleia em sua sede.A categoria deliberou pela realização de greve por tempo indeterminado, reivindicando o pagamento do resto do 13º salário e os vencimentos de dezembro, lembrando que os vencimentos de janeiro tambem já está por vir. Será que vai começar tudo novamente, só quem realmente trabalha é quem está sofrendo as consequências que é o pião que está nas ruas todos os dias para cumprir sua escala de trabalho mesmo tendo alguns que eles dizem ser benefícios cortados como: horas extras, logo se um servidor tem uma carga horaria especifica em edital no qual prestou concurso e sua escala de trabalho exija que o mesmo ultrapasse sua carga horaria é justo que receba horas extras pelas horas que excedeu, mas em ilhéus com o prefeito Jabes ribeiro é diferente e o servidor volta ao tempo da escravidão só trabalha e salario nada, outro beneficio que eles dizem cortar é o vale alimentação no valor de R$ 200, é isso mesmo não é piada não o que eles dizem ser um vale alimentação com este valor e ainda querem cortar, daqui a pouco irão colocar os capataz para vigiar e açoitar os escravos.

ESTAVA OLHANDO E LEMBREI DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE ILHÉUS.
 A escravidão no Brasil: zona rural e zona urbana.
Em sua obra Formação do Brasil Contemporâneo, Caio Prado Júnior apresenta a idéia de que o trabalho escravo, junto à monocultura e à exportação, estruturavam a economia na colônia, que objetivava a submissão e a transferência de lucros a Portugal.
O fazendeiro colocava ao seu serviço um capataz para vigiar e punir os escravos.
A maneira como eram tratados, a jornada de trabalho muito extensa e a alimentação precária prejudicavam sua saúde.
Qualquer ato que fosse considerada infração, causaria severos castigos físicos. Para castigá-los eram utilizado o tronco e o pelourinho.
As mulheres ainda passavam por abusos sexuais.

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.