TJ-BA conclui sindicância contra servidoras parentes de desembargadores.

TJ-BA conclui sindicância contra servidoras parentes de desembargadores.

15:01 Antonio Augusto S. Oliveira 0 Comentarios

O Tribunal de Justiça da Bahia, (TJ-BA) concluiu a  sindicância aberta para apurar irregularidades na jornada de trabalho da servidoras Sandra Lago Coelho Izzo e Rosali Carrilho Rosa. O presidente do TJ-BA, desembargador Mario Alberto Hirs, determinou que os autos devam ser encaminhados à Corregedoria Geral da Justiça para que seja tomada as providências diante da apuração dos fatos, através de um processo administrativo disciplinar. De acordo com a publicação no Diário Eletrônico da Justiça (DJE), compete ao Corregedor Geral “conhecer de representação contra Servidores da Comarca de Salvador, inclusive os lotados nos Juizados Especiais e demais Órgãos integrantes dos serviços auxiliares da Secretaria do Tribunal de Justiça”. As servidoras ocupam cargos de atendente judiciário e subscrivão. Sandra é filha da desembargadora Daisy Lago Coelho e recebe R$ 9 mil para trabalhar no gabinete do desembargador Clésio Rômulo Carrilho Rosa. Ela mora em São Paulo, o que a impede de dar expediente no TJ-BA. Já Rosali é irmã de Clésio, e trabalha no gabinete de Daisy Lago, com um salário de R$ 15 mil.

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.