Moradores fazem manifestação pacífica pelas ruas de Ilhéus, na BA

21:35 GM - NOTICIAS 0 Comentarios

Grupo começou a percorrer centro da cidade no fim da tarde desta quarta.

Eles fecharam parte da Avenida Tiradentes e a Praça Cairu.

Protesto nas ruas de Ilhéus, na região sul da Bahia, nesta quarta (Foto: Camila dos Anjos/TV Santa Cruz)

Moradores da cidade de Ilhéus, na região sul da Bahia, fazem uma manifestação na tarde desta quarta-feira (26), pelas ruas do centro. A mobilização ocorre de maneira pacífica e organizada.
A concentração ocorreu às 14h, mas o grupo só iniciou caminhada por volta das 16h. Eles se encontraram na praça Dom Eduardo, em frente ao Teatro Municipal, de onde partitram. Até por volta das 16h50, a manifestação percorria as ruas de Ilhéus. O grupo fechou parte da Avenida Tiradentes e a Praça Cairu.
Protesto (Foto: Camila dos Anjos/TV Santa Cruz)Protesto em Ilhéus percorreu ruas do centro
(Foto: Camila dos Anjos/TV Santa Cruz)
Um dos locais por onde passa a manifestação é o "calçadão", onde se concentra o comércio da cidade. As ruas têm movimento pequeno de pessoas e veículos devido à liberação de muitos trabalhadores por causa da realização do jogo do Brasil contra a seleção do Uruguai, que começou às 16h desta quarta.
Policiais Militares e agentes de trânsito acompanham a caminhada.
Ainda nesta quarta-feira estão previstas manifestações nas cidades de Barreiras, região oeste; além de Vitória da Conquista e Itapetinga, na região sudoeste da Bahia.

Recomendação do MPF
A Secretaria da Segurança pública da Bahia (SSP) informou, em nota, na tarde desta quarta-feira, que a Polícia Militar do Estado não vai deixar de usar armas não-letais (spray de pimenta, balas de borrachas e gás lacrimogêneo) nas manifestações ocorridas em Salvador desde o dia 20 de junho.
Segundo a SSP, "os armamentos não-letais são necessários para coibir atos de violência durante manifestações populares". A Secretaria acrescentou que tais armas são utilizads pela PM com o intuito de "garantir a ordem pública, depois de esgotadas todas as tentativas de negociação, e apenas em situações de extrema necessidade".
Mais cedo, o Ministério Público Federal da Bahia (MPF-BA) divulgou que o procurador regional dos Direitos do Cidadão, Leandro Bastos Nunes recomendou à SSP-BA a suspensão do uso de spray de pimenta, gás lacrimogêneo e balas de borracha, pela PM durante as manifestações na capital baiana. Os protestos ocorrem em Salvador desde o dia 20 de junho.
Através da assessoria, o MPF informou que a recomendação é fruto da investigação feita pelo órgão na atuação da PM durante a manifestação do dia 20. "Em alguns casos, a PM estava atingido pessoas que não estavam transbordando o direito de manifestação. O usos [dessas armas] deve ser feito em último caso. Ouvimos pessoas que participaram das manifestações", afirmou Bastos.Em entrevista ao G1, o procurador Leandro Bastos explicou a recomendação. "Na verdade, houve uma resolução publicada no dia 18 de junho, pelo Conselho de Direito da Pessoa Humana que indica que as secretarias da Segurança Pública de todos os estados observassem o uso dessas armas e que fosse usado apenas em último caso. Recomendamos que se cumpra essa resolução", disse o procurador.
Policiais militares quee atuaram durante os protestos não foram ouvidos pelo MPF.
Manifestações
As manifestações ocorrem em todo o país e começaram com o pedido de redução do valor das passagens e pedido de passe livre no transporte público em São Paulo. Os protestos se espalharam por todo o país e as exigências também aumentaram. Manifestantes protestam por educação de qualidade, transporte, contra a corrupção, dentre outros motivos.
Fonte: G1 Bahia
.

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.