Desabafo de um companheiro de farda do Guarda Civil assassinado pela PM em Buzios-RJ

14:17 GM - NOTICIAS 0 Comentarios



Desabafo de um companheiro de farda do Guarda Civil assassinado a tiros pela policia militar do Rio de Janeiro. Comentário do GCM - Rafael reproduzido na integra, Veja abaixo:
Eu entendo que para aqueles que não conheciam o GM fica fácil replicar notícias dadas pelos veículos de informação com a versão mentirosa e fantasiosa dos policiais. Mas sou Guarda Municipal de Búzios, conhecia muito bem o GM Ferreira e ele era um dos melhores Guardas com quem tive o privilégio de trabalhar nestes últimos 10 anos. Um homem honrado, cumpridor dos seus deveres, que nunca foi advertido. Os policiais que atiraram nele estranhamente o conheciam, porque fizeram cursos juntos e segurança de alguns locais. O GM não estava na rua nem ao menos correu para o interior de sua casa, porque estava deitado dormindo em seu sofá, de cueca, com a porta trancada, porta esta arrombada pela polícia. Segundo notícia extra oficial, nenhuma cápsula referente a arma do Guarda foi encontrada e sua arma não foi disparada, nem ao menos estava próxima de seu corpo. Arma esta devidamente registrada. A cena do crime foi revirada e as cápsulas das armas dos policiais (um fuzil e pistola) foram recolhidas antes da pericia chegar. Não houve também socorro ao Guarda, que morreu de hemorragia. Os vizinhos afirmam não terem escutado nenhum tiro antes da chegada da polícia, e depois só escutaram 5 tiros, os 3 de fuzil e dois de pistola que a polícia deu na parede. A população e toda a Guarda Municipal de Búzios esta de luto e revoltada com tamanho desrespeito. A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa estará acompanhando o caso, além do Ministério Público. Agradecemos a oportunidade de explicar a real situação e o corporativismo Azul Marinho.


Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.