QUEREMOS QUE SEJA RESPEITADO O PRINCIPIO DA ISONOMIA

Mais uma vez o chefe da GCMI acaba ferindo o principio da isonomia quando seleciona, sem a categoria entender qual critério foi utilizado para convocar guardas municipais para cursos e/ou escalas especiais.

Lembremos que ele utiliza as mesmas técnicas de um ex-chefe conhecido por JC, pois trabalhavam lado a lado, beneficiando alguns e prejudicando a maioria.

Gostaria de saber se alguém teve a chance de descobrir qual critério fora utilizado para a convocação para o curso de combate a incêndio e agora para o de formação, fiquei sabendo que seria por etapa, pois não teria condições de dar o curso pra todos de uma vez, até aí tudo bem, mais utilizem a lista de classificação para convocar os guardas municipais, é a forma mais correta que temos até agora, sem estar beneficiando alguém, se queriam ser os primeiros que estudassem mais, mas o chefe da GCMI está utilizando outro critério que é os dos chegados e bajuladores primeiro.

Quero deixar bem claro que darei inicio a campanha FORA JORGE, pois o pouco tempo que passou no comando da GCMI mostrou que não tem competência nem capacidade nenhuma de comandar a guarda de Ilhéus sem ferir o principio da isonomia e a CF.

Queremos ser tratados com igualdade, respeito, sinceridade, dignidade, não discriminados por alguém que se quer leu um artigo da CLT ou da CF.

Deixo aqui ao GCM que interessar que faremos um abaixo assinado e encaminharemos até o secretario de segurança municipal e também ao ministério publico, deixando em anexo todos os fatos que discordamos e que vem ocorrendo com a maioria dos GCM do concurso 001/2007.

Estará disponível um abaixo assinado FORA JORGE aquele GCM que está sendo ou que já foi prejudicado e discorda da maioria das decisões impostas por esse comando apareça para dar sua assinatura e fortalecer a causa.

Hoje a legislação nos da o direito de protestar e se manifestar contra esses ditadores, mostrar a todos o que esta acontecendo, não podemos ver coisas abusivas acontecer e ficar calados temos que lutar, pois quem cala consente.

Postagens Relacionadas

Um comentário:

  1. SINCERAMENTE, ACREDITO SER TAL PROPOSTA INOPORTUNA. O companheiro GCM De Aquino vem demonstrando que o diálogo tem sido o melhor remédio para que alguns equívocos possam ser corrigidos. No Blog Maria, De Aquino diviulgou que através do diálogo conseguiu que alguns GCMs fossem incluídos na escala de horas extras, dentre outras coisas positivas. Eu pergunto: já foi solicitada alguma reunião com o Comandante Jorge onde foi exposto os devidos questionamentos e cobrada as devidas explicações?? Nossa categoria tem que se impor sim, mas deve se respeitar e respeitar pra ser respeitada. Temos avançado muito e podemos avançar mais! Porém é de vital importância que sejamos competentes e eficientes no processo de contrução de nossas lutas para que nossas vitórias se concretizem.

    ResponderExcluir

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.