DENÚNCIA BOMBÁSTICA PODE FAZER CAIR COMANDO E CORREGEDORIA DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL DE ILHÉUS

20:29 GmNoticias Brasil 0 Comentarios

Noticia do Blog Tolerancia Zero
Fontes fidedignas acabam de informar à nossa Redação que um documento contendo várias denúncias feitas por guardas municipais estará sendo encaminhado, ainda hoje, ao Ministério Público Estadual, ao Ministério Público Federal, à Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, à Controladoria Geral da União, à Ordem dos Advogados do Brasil, à Câmara Municipal de Ilhéus e ao Prefeito do Município de Ilhéus.
Continui lendo...

Segundo informações de nossa fonte os fatos denunciados e os argumentos jurídicos empregados no documento são suficientes pra fazer com que o Prefeito Newton Lima proceda à imediata exoneração do Comandante da Guarda Civil Municipal, bem como da Corregedora e do Sub-Corregedor da GCMI.

Alguns dos nossos Redatores ouviram relatos de guardas municipais indignados com a perseguição que vêm sofrendo por parte do Comando e da Corregedoria, acreditando que os motivos são de natureza política e ideológica relacionados à efetiva participação destes nos movimentos de luta por seus respectivos direitos. Alegam, alguns guardas municipais, que ocupantes de cargos de confiança do Governo Newton Lima na área de segurança não são reptivos a críticas e reagem com perseguição às lideranças do movimento com o suposto objetivo de intimidá-los.

Guardas municipais que faltaram ao serviço e tiveram o respectivo desconto no pagamento estão sendo chamados à Corregedoria para apresentarem defesa e se explicarem. Aí fica o questionamento: - "Fui punido com o desconto do(s) dia(s) que faltei do meu mísero salário, agora abrem uma sindicância e exigem de mim explicações, então devo entender que após apresentar minha defesa com as respectivas explicações vou receber de volta os valores que descontaram do meu salário?!?!". Claro que não! O objetivo só pode ser o de intimidação já que a CLT não permite que o funcionário seja punido duas vezes por uma mesma infração.
Supostas denúncias devem atingir ocupantes de outros cargos comissionados da prefeitura já que constam do relatório informações sobre licitações suspeitas, desvio de materiais e equipamentos, dentre outras.

Nossa fonte declarou, ainda, que também está sendo solicitado às autoridades competentes a intervenção no Curso de Formação da GCMI com investigação do respectivo convênio, suspensão das aulas de defesa pessoal até que seja realizado a avaliação médica e os exames clínicos e laboratoriais necessários.

Caros leitores não vamos precipitar nossas conclusões sobre o documento com as supostas denúncias. Assim que recebermos uma cópia de tal relatório faremos uma nova postagem e, a depender de uma profunda análise da nossa Redação, talvez publiquemos a íntegra do documento.

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.