Ilhéus realizará movimentos para garantir os seus limites territoriais


Garantir os limites territoriais assegurados pela lei e em especial o respeito a todo o trabalho desenvolvido por uma comissão formada por membros do Governo do Estado da Bahia, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e das prefeituras regionais que confirma pertencer a Ilhéus a área pretendida pelo município de Itabuna. Esse foi o objetivo da sessão especial realizada na tarde da ultima quarta-feira (25) pela Câmara Municipal de Ilhéus, requerida pela vereadora Professora Carmelita Ângela, para discutir os limites territoriais dos municípios baianos. A proposta é evitar que seja aprovado pela Assembléia Legislativa do Estado da Bahia o pedido de Itabuna que pretende anexar ao seu município parte do território ilheense, definindo como marco as proximidades da Fazenda Primavera, contrariando as análises feitas por técnicos do Governo do Estado e do IBGE. A sessão contou com a presença das deputadas estaduais Fátima Nunes (PT), membro da Comissão Territorial da Assembléia Legislativa, e Ângela Souza (PSD), além de representantes do Governo Municipal, sindicatos, associações, clubes de serviços, Organizações Não-governamentais, representantes de religiões e dos mais diversos segmentos da sociedade civil organizada contrários à proposta apresentada pela Prefeitura de Itabuna que busca se apossar indevidamente do território ilheense. Da sessão especial saíram diversas medidas, ações e protestos que serão realizados nos próximos dias com o objetivo de mostrar que a lei precisa ser cumprida e os limites territoriais dos municípios devem ser respeitados.

aguilho-tina

Postagens Relacionadas

0 comentários:

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.