quinta-feira, 25 de julho de 2013

Reune Ilhéus encontra Prefeito em Rádio Comunitária e tenta diálogo

GM - NOTICIAS     14:09     0


DSC00336
O prefeito Jabes Ribeiro foi, mais uma vez, conceder entrevista ao programa O Tabuleiro, na FM Conquista, e acabou sendo cercado por cerca de 200 estudantes, que gritavam palavras de ordem.
Essa rádio agora é de propriedade do prefeito de Ilhéus? Porque todos os dias o espaço é cedido a ele? Porque ocultam a voz do povo quando ligam para participar? Porque foi negado direito de resposta tanto para os sindicatos quanto para o Reune Ilhéus? Afinal de contas ESSA RÁDIO É DE QUEM?
Com medo e acuado, o prefeito pediu ajuda da Polícia Militar para sair da emissora.
Na saída,  Jabes com alguns correligionários, tentaram dialogar com os manifestantes que não acreditam mais nas falsas palavras do atual prefeito e  protestam contra a postura do gestor municipal, em se recusar a dialogar com o movimento Reúne Ilhéus e com os trabalhadores do municipio, deixando a sociedade ilheense sem os serviços basicos, pois logo que assumiu o Paço Paranaguá fechou 90% dos postos de saúde e as escolas estão sem aulas até hoje. Aumentou o salario dos seus comissionados em 40% e diz que não vai dar um centavo de reajuste para o servidor municipal, aumentou o proprio salário de R$ 12.000,00 para R$ 18.000,00 isso fora os gastos com diarias e passagens de avião para Salvador onde reside ele e seus comissionados a exemplo da secretária de saude Ledivia Espinheira que só trabalha dois dias na semana (Terça e Quarta-feira) e recebe salário de R$ 8.000,00 fora as diarias e passagens para Salvador que é tudo por conta do municipio, assim como Isaac Albagli com salários exurbitantes e diarias tudo por conta do municipio, nomeou mais de 50 cabos eleitoral como administradores de bairros com salários de R$ 2.600,00 até R$ 4.000,00, criou 100 cargos de FG (Função Gratificada) para os servidores que o ajudaram na campanha com valor de R$ 600,00 e R$ 300,00. Com tudo isso quem paga é o servidor do municpio que se for nomeado a uma dessas funcões só receberia 30% do valor do cargo ex: se o cargo é de R$ 3.000,00 e ele nomeasse um servidor qualificado para atuar naquela area so pagaria R$ 900,00 que equivale a 30% do valor do cargo, como já existia mas ele fez questão de exonerar das funções para nomear seu apadrinhados politicos. Aí vem a pergunta, esse homem com essas atitudes é que quer enxugar a folha demitindo funcionários concursados?
Lamentável mais ainda é ver um operador de rádio assumindo função de radialista em uma radio Comunitária entrar na folha de pagamento da prefeitura para ser contra os trabalhadores, isso é vergonhoso pra esse cidadão, radialista porque você não vai lá no tribunal de Justiça e defende ele dos vários processos que ele responde por: Improbidade Administrativa, Crimes de licitação, Desvios de verba Pública, dentre outros pois são mais de 30 processos.
Querendo se manifestar sinta-se a vontade, os emails estão logo abaixo e com certeza aqui vai ser publicado, pois vivemos em um país democrático.

Share:

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.

E-mail Newsletter

Sign up now to receive updates from us.

Publicidade

Advertise

Gm Noticias

Facebook Profile

Seguidores

Curta Nosso Server

© 2014 GM NOTICIAS. Designed by Bloggertheme9 | Published By Gooyaabi Templates.
Proudly Powered by Blogger.