EMPRESÁRIOS E POLICIAIS SÃO PRESOS EM CAMACAN. OPERAÇÃO TAMBÉM INVESTIGA ASSASSINATO DE KÁTIA CRISTINA

31/mai/2011
A polícia Civil prendeu nesta manhã, em Camacan, o comandante da Companhia Independente da Polícia Militar, Major Silvério, o delegado Jackson Silva, policiais civis e o empresário Edvan Ribeiro, além dos irmãos Ivan e Sidônio Ribeiro. A polícia cumpre mandados de busca e apreensão contra policiais acusados de envolvimento em crimes de extorsão, tráfico de drogas e homicídios.
Parte do grupo preso em Camacan é apontada como envolvida na morte da empresária Kátia Cristina Lima dos Santos. Kátia foi assassinada no dia 27 de dezembro do ano passado ao sair de um templo evangélico em Camacan, com dois tiros. A investigação sobre o assassinato durou mais de cinco meses até a prisão dos policiais, do esposo e cunhados da empresária.
A polícia também cumpre mandados de apreensão em estabelecimentos comerciais administrados pelo empresário Edvan Ribeiro e dos seus irmãos Ivan e Sidônio. Já os policiais presos, são acusados de dar cobertura a Edvan e os irmãos. Mais informações em instantes.

Pimenta na Muqueca

Postagens Relacionadas

Um comentário:

  1. A JUSTIÇA DE DEUS TARDA MAIS NUNCA FALHA E EU CREIO QUE DEUS ILUMINOU OS POLICIAIS NA INVESTIGAÇÃO,KATIA MORREU SEM DEVER,MAS OS CULPADOS VÃO PAGAR POR ISSO.

    ResponderExcluir

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.