GUARDA MUNICIPAL NA BAHIA, PROFISSÃO DE ALTO RISCO

Estatística inédita no estado revela crescimento do número de assassinato de Guardas Municipais

A Bahia vem se destacando nos últimos anos em termos de mobilização de Guardas Municipais em busca de suas melhorias, estruturação, da organização legal, comando das GM´s e realização de diversos eventos relacionados a segurança pública municipal. Porém infelizmente ultimamente também tem se destacado em outra área: Assassinato de Guardas Municipais. Até então não se tinha dados concretos sobre mortes destes agentes no estado baiano, e a Federação Baiana das Associações dos Guardas Municipais – FEBAGUAM, fez um levantamento pesquisando através de vários sites de notícias deste estado nordestino e conseguiu constatar que nos últimos 3 anos, de 2010 à 2012, teve uma aumento bastante expressivo no número de óbitos por assassinato.
Os motivos são diversos, e os crimes ocorrem tanto em serviço como também fora dele. Mesmo sendo o estado que ainda não possui nenhuma GM oficialmente armada nas ruas, a Bahia conseguiu superar no ano de 2012 o estado de São Paulo, que no segundo trimestre do ano passado teve uma serie crise de violência onde o número de agentes de segurança pública mortos aumentou drasticamente. Enquanto São Paulo registrou 9 (nove) assassinatos de GM´s a Bahia registrou 10 (dez) em 2012.

Aumento de 100% em assassinatos de Guardas Municipais no estado da Bahia entre 2011 e 2012

Em 2012 tivemos 10 (dez) Guardas Municipais assassinados na Bahia, nos seguintes municípios:

1. Itamaraju – 08/02;
2. Serra do Ramalho – 03/05;
3. Ibirapitanga 10/05;
4. Juazeiro – 23/05;
5. Barreiras – 24/06;
6. Nova Fátima – 04/07;
7. Serrinha – 27/07;
8. Pojuca – 25/08;
9. Itabuna – 16/11;
10. Uauá – 24/12

Em 2011 tivemos 5 (cinco) Guardas Municipais assassinados na Bahia, nos seguintes municípios:

1. Itapetinga;
2. Mata de São João;
3. Potiraguá;
4. Salvador;
5. Capim Grosso;
6. Ilhéus;

Em 2010 tivemos 1 (um) Guarda Municipal (24/04) assassinado na Bahia, no município de Tucano.
Neste ano de 2013 já começaram a aparecer os primeiros assassinatos de guardas pelo Brasil, o primeiro aconteceu em Recife, onde o guarda municipal de Vitória de Santo Antão/PE que estava visitando familiares foi morto e no segundo caso o guarda municipal de Campos/RJ foi assassinado a facadas dentro de sua residência.
Recomendamos aos demais colegas que façam um levantamento nos demais estados para que tenhamos maiores dados em relação a mortes de guardas municipais em todo o território brasileiro.

Fonte: FEBAGUAM

Postagens Relacionadas

Um comentário:

Anterior Página inicial Proxima
Tecnologia do Blogger.